Categorias
pessoal marketing

Pare de mentir para você mesmo

1. Não temos tempo
Esta é a mentira que impede e mata a criatividade antes mesmo de começarmos a criar algo ou nos colocarmos em ação.

Pare de mentir para você mesmo

Uma delas é: Nós não somos bons o suficiente.

1. Não temos tempo (Pare de mentir para você mesmo)

Esta é a mentira que impede e mata a criatividade antes mesmo de começarmos a criar algo ou nos colocarmos em ação.

É verdade que encontrar tempo para realizar algo novo que você quer pode ser difícil, especialmente quando você tem obrigações diárias, como escola, trabalho ou família. Você pode ter menos tempo livre do que a maioria das pessoas, mas a realidade é que você ainda é o capitão do seu navio.

“Não espere; a hora nunca será ‘perfeita’. Comece de onde você está e trabalhe com quaisquer ferramentas que você tenha ao seu dispor e ferramentas melhores serão encontradas conforme você avança.”
– George Herbert

Se há algo que você quer conquistar, como um emprego ou negócio próprio, você precisa se esforçar por algum tempo. Se você não puder dedicar horas, tente programar blocos menores de tempo.

Até 5 minutos por dia se tornam mais de 30 horas por ano. Quinze minutos por dia se tornam mais de 90 horas e meia hora se transforma em 182,5 horas por ano.

Esses minutos se somam. E a maioria de nós tem mais tempo do que imaginamos, principalmente se cortarmos certos hábitos que nem mesmo nos servem como, por exemplo, ficar “passeando” pela linha do tempo do Facebook.

É tudo uma questão de consistência. Pense no seu grande objetivo como um bloco de mármore e, a cada dia, você recorta um pouco mais até revelar sua obra-prima completa.

Por exemplo: cinco minutos se exercitando todos os dias sempre trarão mais resultado do que nunca se exercitar (quando você diz para si mesmo que não tem tempo suficiente).

2. Não somos bons o suficiente

A verdade é que ninguém (ou praticamente ninguém) é bom o suficiente quando começa a fazer alguma coisa. E é só durante a jornada que cada um de nós vai se aperfeiçoando e gostando cada vez mais do que está fazendo.

“Você tem ideias ao sonhar acordado. Você tem ideias quando está entediado. Você tem ideias o tempo todo. A única diferença entre empreendedores e outras pessoas é perceber quando estamos fazendo isso.”
– Neil Gaiman

Muitas vezes, se tornar melhor em algo começa simplesmente por prestar atenção. Observe suas ideias e aja sobre elas. Pratique e coloque-se em ação para melhorar.

Se você não tentar, nunca será bom o suficiente. Ser bom o suficiente significa que em algum momento você decidiu fazer um esforço.

3. Ninguém se importará com o nosso trabalho

Você se importa com o seu trabalho? E se importa também por outros motivos além do dinheiro? Se sua resposta for ‘Sim’, há boas chances de que alguém também se importará.

Se importar por uma ideia ou uma causa ajuda a ser apaixonado pelo trabalho que você quer fazer. Ajuda a encontrar um propósito em nosso trabalho que faça algum tipo de diferença não apenas em nossa vida, mas também na vida dos outros.

“Aqueles que têm um ‘porquê’ para viver podem suportar quase qualquer ‘como’.”
– Viktor E. Frankl

Saber por que estamos fazendo algo nos mantém motivados, e há algo em ser motivado e persistente que é muito contagiante. Descobri que, depois de um tempo trabalhando com paixão por um bem maior, as pessoas começam a se importar.

Pode ser assustador se preocupar com o fato de que ninguém se importa com o que você está tentando fazer. Mas é ainda mais assustador ficar preso em seus medos. Siga em frente e deixe-se surpreender por quantas pessoas se importam.

4. Não há espaço para nós

Empreender no mundo de hoje pode parecer algo arriscado, mas cada empreendedor tem uma visão e um negócio diferente dos demais.

Você não precisa perder tempo se preocupando sobre como ser único. Em vez disso, você precisa pensar em como ser você mesmo.

“O maior presente que você já se deu é a sua honestidade”.
– Fred Rogers

O mundo tem espaço para as pessoas fazerem o trabalho que amam. Precisamos de mais pessoas com um profundo senso de quem elas são e uma disposição de ser verdadeiramente elas mesmas.

5. Perdemos a oportunidade

Não importa se você está querendo fazer uma faculdade, conseguir um superemprego ou empreender. Cada uma dessas áreas possui exemplos de muitas pessoas que começaram quando o “jogo estava quase no fim”.

É muito positivo e animador conhecer histórias de pessoas que se tornaram bem-sucedidas depois de atingirem a meia-idade ou mais. O mundo de hoje tem uma obsessão com a juventude e a mídia está sempre à procura de uma história de riqueza criada por jovens adultos.

Muitas pessoas sonham em ser empreendedores de sucesso aos 25 anos e, de alguma forma, sentem-se fracassados quando isso não acontece. Nessa hora é bom saber como funciona a regra (e não a exceção): a maioria dos empreendedores que “se tornam grandes” não se tornam grandes quando eram jovens. Muitas vezes acumularam anos de fracassos antes de “dar certo”.

6. Nós tivemos uma chance… mas desperdiçamos totalmente

Nada nos mantém mais presos do que a possibilidade de fracassar. Todos nós somos suscetíveis porque falhamos em algum momento.

Às vezes, o fracasso acontece depois de um grande sucesso. Outras vezes, uma falha ocorre quando pensamos que estamos finalmente conquistando o que queremos. E dizer que “nós estragamos tudo” é muito tentador para justificar nosso medo de tentar e seguir em frente.

Felizmente, o sucesso não é linear e você nunca ficará sem novas chances. É por isso que quem acumulou grande sucesso também acumulou uma pilha de erros.

“O fracasso é muito importante. Nós falamos sobre sucesso o tempo todo. É a capacidade de resistir ao fracasso ou usar nossas falhas que geralmente nos leva a um sucesso maior. Eu conheci pessoas que não tentaram por medo de falhar.”
– J.K. Rowling

Não deixe que o fracasso faça você travar. De fato, não permita que nenhuma dessas mentiras o impeça de perseguir seus objetivos. Trabalho duro nunca será algo mágico e fácil.

Há uma parte de nós que procura o caminho mais fácil e prefere ficar preso a fazer o que é necessário para ter sucesso, porque há sempre um risco quando você faz um esforço.

Você pode sentir que não arrisca nada quando não tenta nada, mas a verdade é que perde o seu futuro quando não tenta nada.

Empreendedores de sucesso tiveram sucesso justamente porque tentaram, arriscaram, caíram mas levantaram e persistiram.

O que os especialistas descobriram é que os empreendedores de sucesso tem um padrão de comportamento que os leva às conquistas.

Clique no botão abaixo e descubra se você também tem esse padrão de comportamento e o potencial para ser um empreendedor de sucesso.

Deixe uma resposta