Como se tornar uma empreendedora

Como se tornar uma empreendedora
Lucia Santos

Meu Negócio

Como se tornar uma empreendedora.

Quer empreender? Conheça sete motivos para ser um empreendedor e correr atrás do seus sonhos. Porque ser dono do próprio nariz é ser feliz!

Quer empreender? Sete motivos para ser um empreendedor .

Você já pensou em trocar um emprego estável, com salário certinho no final do mês, um chefe autoritário e as normas rígidas de uma empresa pela vida ágil e imprevisível de um empreendedor? É preciso estar disposto a trabalhar muito, é claro, mas diante de desafios e oportunidades cuja motivação será inteiramente diferente.

Hoje vamos falar sobre os principais motivos para apostar no empreendedorismo como fonte de renda – e, claro, como fator de realização pessoal. Separei sete razões para seguirmos esse caminho. Confira!

1. Gostar de desafios. Para ser empreendedor é essencial gostar de correr riscos, de desafios e de superar obstáculos. Não há negócio 100% seguro e sempre haverão os altos e baixos. Portanto, é preciso gostar de enfrentar desafios para ingressar nesse meio. Quem prefere uma vida pacata e estável não deve se aventurar como empreendedor.

2. Parar de receber ordens. Um lado maravilhoso de ser empreendedor é ser seu próprio patrão. É você quem vai estabelecer seus horários, suas metas e terá a liberdade de escolher seus parceiros e clientes. Isso, sem dúvida, dá uma sensação de liberdade incrível. Mas é preciso ter muita responsabilidade, é claro.

3. Liberdade de escolha Ser dono do próprio negócio faz de você o “dono do seu nariz”. Assim, você vai poder agir da maneira que considera sempre mais acertada, mais honesta e mais eficaz. Você é quem decide os caminhos que seu negócio vai seguir.

4. Fugir da monotonia. Ter o próprio negócio é sempre desafiador e dinâmico, pois o mercado muda o tempo todo. Portanto, a vida de um empreendedor é sempre movimentada, ágil, cheia de imprevistos e nunca segue aquela sequência mecânica da vida de um funcionário com carteira assinada. A monotonia não existe na vida do empreendedor.

5. Flexibilidade de horários. Você pode escolher quais os melhores horários para executar as tarefas de seu negócio. Se você é mais produtivo à noite, poderá se dedicar mais ao trabalho nesse período, pois é você quem faz sua rotina. Aqui, você não estará sujeito e rigidez de um cartão de ponto.

6. Possibilidade de ganhos maiores. Se por um lado é ruim o fato de não ter um salário fixo, por outro essa realidade tem suas vantagens. Pois, se a empresa é bem organizada, sua renda poderá ser bem maior que a de um salário prefixado. Não ter limites pode significar voos mais altos (mais dinheiro no bolso com o crescimento da empresa).

7. Realizar seus sonhos. Ter seu próprio negócio lhe permite investir no que realmente gosta e acredita, não estando subordinado às vontades de chefes antiquados, autoritários ou simplesmente diferentes de você. Sendo empreendedor, você pode tornar seus sonhos uma realidade e ter aquilo que sempre desejou. E isso não tem preço.

E aí, se animou a investir no seu próprio negócio e começar a empreender? Para refletir, preste atenção no que diz Henry Ford: “Um negócio que não produz nada além de dinheiro é um negócio pobre”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: